Atualizando informações

De: Bruno César Rabelo Ap 206
Para: Moradores Ed. Anya

Olá prezado morador do Condomínio do Ed. Anya,

por meio deste gostaria de manter todos atualizados que, na assembleia de 30/5/2016 segunda-feira ocorreu à eleição para sindico e dia 1/6/2016 iniciou-se minha gestão como sindico. O Sr. Paulo Melo teve sua gestão iniciada em 2014 e trouxe inúmeras melhorias ao condomínio e sou muito grato. Compõem a atual gestão, sindico Bruno ap 206, subsíndico Paulo Melo ap 102 e conselho fiscal, Francisco ap 204, José Lício ap 207 e Marcos ap 105.
 Acredito que todos deveriam em algum momento exercer o papel de sindico e entender as dificuldades de gestão administrativa do condomínio e gestão de interesses e conflitos entre seus moradores. Na expectativa de dar continuidade no trabalho do Sr. Paulo e para atender a todos da melhor maneira possível me coloco a disposição e conto com a ajuda de todos.

Peço já de imediato a atenção as principais reclamações na última assembleia por desrespeito as normas obrigatórias acordadas na convenção condominial:

1-              Obedecer ao horário de silêncio das 22 às 8h do dia seguinte
2-              Horários dos trabalhos de reformas
3-              Uso ou depósito nas áreas de circulação ainda que a título provisório
4-              Animais em locais inadequados e em situações que perturbam outros moradores

Essas regras foram acordadas previamente, respeitar às regras do condomínio é respeitar os outros moradores.  O não cumprimento dos deveres estabelecidos na convenção implica multa em até cinco vezes a taxa de condomínio além de danos que se apurarem. Há uma cópia da convenção condominial disponível na pasta da primeira gaveta a direita do quadro de correspondências, e também pode ser enviada via e-mail, basta solicitar.

Muito obrigado,

Bruno C Rabelo - Fone: 61.98194.2425 - Email. brunocesarrabelo@gmail.com


**Caso ainda não tenha retirado sua chave para acesso ao bicicletario e biblioteca no subsolo, favor entrar em contato para retirada.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário